quarta-feira, 13 de junho de 2012

Convites e convidados para a festa de aniversário



 Fernando Martinho
-Na hora de contar os participantes, lembre-se que os convidados de até 5 anos costumam vir acompanhados dos pais e irmãos. 

-Coloque no convite a hora do início e do fim da festa. Assim, os pais sabem quando devem buscar seus filhos. 

-Dá para variar na hora de escolher o convite. O tema do brinquedo deve ser o mesmo da festa. 

-Fazer uma festa apenas para os amigos mais chegados do seu filho, dez no máximo, pode ser uma boa opção. Programe um dia especial: contrate uma van e leve todos ao teatro ou para almoçar fora. 

- Mande os convites com sete a dez dias de antecedência. Se você distribuí-los muito antes, perde-se a expectativa das crianças. E algumas pessoas podem esquecer a data. Na véspera da festa, você pode mandar um lembrete. Se for amarrado em um pirulito, vai fazer mais sucesso ainda. 

- Se seu filho é pequeno, marque entre 3 e 4 da tarde, ou mesmo de manhã. Assim você não corre o risco de ele dormir antes do parabéns. 

Acerte no alvo! 
-O ideal é convidar todas as crianças da classe, mas, se não for possível, ligue para os pais e envie o convite para a casa de cada um. 

-Coloque também o telefone do local da festa e do seu celular. 

-Se possível, inclua um mapa para facilitar a localização. 

Sugestões de convites e lembrancinhas para a festa das crianças



 Fernando Martinho
Diversão no bolicheO convite, você faz junto com seu filho. Compre papéis nas cores vermelho, preto e branco e siga o modelo.

 Fernando Martinho
Um jogo-da-velha de madeira ou uma medalha de campeão para cada criança são boas ideias de lembrancinhas. 





__________________________________________________________________________
 Fernando Martinho
Um piquenique especialO convite é feito com o tecido xadrez da toalha, papel vermelho e cola colorida. Um regador cheio de balas de goma e pirulitos é a lembrancinha perfeita!



__________________________________________________________________________
 Fernando Martinho
Vai, vai, vai começar a brincadeira...
O convite e o cartão de agradecimento pelo presente têm o mesmo tema: circo. Você pode tentar fazer em casa, com recortes de papel ou retalhos de tecido. A lembrancinha pode ser um conjunto de peruca e nariz de palhaço.

  




_________________________________________________________________________
Beto Tchernobilsky
Noite da beleza
Uma máscara para olhos acompanha o convite. Você pode prepará-las junto com sua filha, recortando feltro de duas cores e colando fitas de cetim.

Beto Tchernobilsky
 O kit de lembrancinhas é fácil de produzir: compre pentes, espelhos, fivelas de diferentes tipos e elásticos de cabelo. Coloque tudo em uma bolsinha.




________________________________________________________________________
Beto Tchernobilsky
Monstros de arrepiar...
... E fazer rir também! Um saquinho de doces em formato de dentadura acompanha o convite. Você também pode mandar os convites para a escola com antecedência e os doces apenas na véspera, com um lembrete de que o grande dia está chegando!

Beto Tchernobilsky
A lembrancinha continua no clima. Certamente eles vão encontrar quem assustar em casa com esse kit de dentaduras, unhas de monstro, olhos e outros objetos de plástico.



_________________________________________________________________________
Beto Tchernobilsky
Toda bagunça é bem-vinda!As camisetas tamanho P de adulto acompanham o convite. Elas protegem a roupa das crianças na hora da farra. De qualquer maneira, vale avisar que é melhor não colocar calça ou tênis novos - nem sempre é fácil tirar guache do tecido!

Beto Tchernobilsky
A lembrancinha vai ser muito útil: um kit de banho para depois da festa, com sabonetes de cores e formas diferentes, bucha e touca de banho, tudo embalado por uma toalha.



________________________________________________________________________
 Fernando Martinho
Turma do Sítio do Picapau
Fotografe o aniversariante fantasiado de Visconde de Sabugosa ou Emília e monte o convite. 

 Fernando Martinho
Dedoches do Sítio do Picapau Amarelo e vasinhos com flores ou mudas são a recordação da festa. 









________________________________________________________________________
 Fernando Martinho
No Havaí com Lillo e Stitch
O convite vai amarrado em um colar havaiano. E é com ele que todos chegam à festa! 

 Fernando Martinho
Já que o assunto é praia, balde e pazinhas para a criançada de lembrancinha! Outra idéia: prancha de surfe de isopor.










__________________________________________________________________________
 Fernando Martinho
No mundo de Harry Potter
Para o convite, imprima o texto em um papel mais grosso, se possível reciclado, e queime as laterais. 

 Fernando Martinho
De lembrancinha, um kit de mágica com cartola, capa, varinha e CD-ROM para ensiná-las a fazer os próprios truques. Uma opção mais em conta: compre apenas a cartola e um baralho para cada criança e imprima, da Internet, algum truque simples.

Fonte:Revista Crescer

Sugestões de convites e lembrancinhas para a festa das crianças


Personagens, brinquedos, monstros. Mesmo os temas mais comuns - que muitas vezes são os preferidos das crianças! - podem se transformar em convites e lembrancinhas diferentes. Mas para quem quiser inovar, existem mil possibilidades de criar opções únicas. Veja as nossas dicas e boa festa!



 Fernando Martinho
Festa Jardim Florido
O convite é simples: uma flor presa em um palito de madeira (que pode ser um de churrasquinho), com a foto da aniversariante. A flor é feita em cartolina e, para preencher o miolo, você pode usar uma foto da criança, como na imagem. Impossível não atender ao chamado!

__________________________________________________________________________

 Fernando Martinho
Festa na Fazenda
A vaquinha é o convite e também uma máscara, com elástico e tudo. E a leiteira cheia de doces, os convidados levam para casa de lembrança.



  
 _________________________________________________________________________
 Fernando Martinho
Convite-postal 
Escolha uma foto de seu filho. Você pode escanear e imprimir em um papel mais grosso ou tirar fotocópia do original. Ou ainda mandar ampliar mais cópias em papel fotográfico. No verso, coloque os dados da festa, que podem ser impressos em outro papel recortado do mesmo tamanho da foto ou escrito à mão, com caneta hidrocor. No lugar do selo, novamente o aniversariante (pode ser uma fotocópia reduzida). Faça os detalhes com cola colorida, para ficar em alto-relevo e dar cor à página. __________________________________________________________________________
 Fernando Martinho
Vrum... Vrum... Vrum 
Você pode pendurar um carrinho de plástico no convite, como uma etiqueta. De lembrança, ofereça um de madeira para as crianças pintarem em casa. O destaque fica por conta da fita de tecido quadriculada.

_________________________________________________________________________ 
 Fernando Martinho
Bichinhos coloridos 
Faça borda do convite de cartolina com papel de estampa colorida e escreva o título com cola colorida. Que tal decorar a mesa com o mesmo papel?

;_____________________________________________________________________________________ 
 Fernando Martinho
Vamos desenhar?
O convite já mostra o que os espera. Peça a seu filho para fazer um desenho (pode ser o respectivo convidado!), amarre-o em uma caixinha de giz e avise a todos para trazerem na hora da festa. 

 Fernando Martinho
De lembrancinha, um avental muito especial, como os usados nas atividades de arte na escola, para continuar a brincadeira em casa.










__________________________________________________________________________
 Fernando Martinho
Letras por toda a parte
Um convite especial com ímã. As letras e os nomes coloridos são soltos, para a criança completar as frases. A impressão é feita em papel adesivo, que depois é colado em uma placa de imã. Os dois tipos de material são encontrados em lojas de material de escritório. 
E ainda pode ser grudado na geladeira para ninguém esquecer da festa!_________________________________________________________________________
 Fernando Martinho
Bonecas para uma boneca
O convite, você mesma faz. Cole uma cabecinha da boneca de pano na cartolina, escreva com caneta hidrocor,fure e amarre com uma fita para dar um toque especial. De lembrancinha, além de uma boneca de pano (que pode ser feita numa oficina durante a festa!), um pote de balinhas decorado. _________________________________________________________________________
 Fernando Martinho
Bola no pé
Convite em formato de camiseta para os fãs de futebol. Optar pelas cores do Brasil evita disputa entre as torcidas. 

 Fernando Martinho
A lembrancinha é um balde (de preferência, com as cores da seleção brasileira) cheio de bolinhas de futebol e pirulito. Tudo de chocolate! 















Fonte: Revistacrescer

Como estimular o seu filho a cuidar do meio ambiente


  shutterstock
Quer estimular as crianças a cuidar do meio ambiente, mas não sabe por onde começar? Para ajudar você nesta tarefa, separamos algumas dicas de acordo com a faixa etária do seu filho. Confira.
Crianças de 1 a 3 anos
Nessa idade, você deve despertar a afetividade de seus filhos pelo meio ambiente e a natureza, além de propor atividades que prezem pela coordenação motora e que estimulem a curiosidade. 

-Ao contar histórias, transforme os animais considerados "vilões" (como o lobo mau) em personagens bons e que podem precisar da ajuda das crianças porque estão ameaçados (como no caso do lobo-guará, por exemplo). 

-Crie oportunidades para as crianças tocarem, cheirarem e sentirem árvores, sementes, flores, folhas, grãos de areia e de terra. Explique que tudo faz parte da "mãe natureza".

-Outra boa ideia é apresentar diferentes animais e plantas que seus filhos veem apenas nos livros da escola. Para isso, vale ir a zoológicos, bosques, fazendas e sítios. 

-Envolva a criançada em atividades de plantio e ajude-os a compreender como é importante cuidar bem da muda (uma pequena horta, uma árvore ou uma flor) para que a planta cresça e se desenvolva. 

-Assim como aprendem a guardar os brinquedos, seus filhos podem começar a separar os diferentes tipos de lixo, como o seco do úmido e aquelas sucatas que podem ser usadas para brincadeiras lúdicas (amontoar, encaixar, colorir). Assim, fica mais fácil explicar que aquele lixo terá uma nova utilidade e não será descartado na natureza. 

-Já é hora de explicar às crianças que elas devem fechar a torneira quando não estiverem escovando os dentes e que a luz deve ser desligada sempre que saírem do quarto ou do banheiro. 

-Outra dica: estimule seu filho a sempre usar os dois lados de uma folha quando estiver desenhando.
Fontes: Instituto Supereco; Casinha na Árvore; Floresta Park Adventure e Turismo Ambiental 
Revista Crescer.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

70 maneiras de fazer seu filho sorrir


Ver uma criança, qualquer uma, abrir aquele sorriso largo é delicioso. Se for o seu filho, então, é daqueles momentos que vão tornar seu dia ainda melhor. Você vai descobrir um monte de ideias para fazê-lo sorrir, gargalhar e olhar com aquela carinha de “quero mais”. Aproveite!

Bruna Menegueço e Daniela Tófoli

Basta uma luz fraquinha em um quarto escuro para que suas mãos comecem lentamente a voar. Aos poucos, seus pássaros de sombra batem as asas mais velozmente e seu filho, encantado, joga a cabeça para trás e solta aquele riso gostoso, ingênuo e verdadeiro, como só as crianças sabem dar. Ele está feliz ao seu lado, e, por alguns segundos, sua vontade é de congelar o tempo.
Um sorriso não é apenas o sinal de que seu filho está bem, é a prova mais concreta de que ele sabe o que é felicidade. E provocar essa sensação é fácil – bastam um pouco de criatividade, quase nada de dinheiro e algum tempo disponível. Quer ver: que tal um concurso de caretas no elevador? Ou bolinhos de chuva em uma tarde cinzenta? Além de fazer seu filho sorrir, esses momentos preciosos o ajudarão a desenvolver importantes habilidades intelectuais, como noção de lógica e de causa e consequência. Ele ainda terá mais facilidade para fazer amizades, lidar com frustrações e, quando adulto, saberá conviver de forma pacífica e bem-humorada com as pessoas no ambiente de trabalho. O que não faz um sorriso...

É, você só vai fazer seu filho feliz se estiver feliz também. Até porque felicidade é contagiosa. Segundo pesquisas das universidades de Harvard e da Califórnia (EUA), a alegria de uma pessoa pode ser propagada para quem está direta ou indiretamente próximo a ela. Quanto mais perto, maior a felicidade e, se for da mesma família, então, melhor ainda. Ah! Ainda tem mais: quando um sorriso se estampa no rosto, o cérebro libera endorfina, substância que aumenta a sensação de prazer e diminui a dor e o nível de estresse. Essa explosão de sentimentos só pode fazer bem. Portanto, inspire-se com as nossas 70 dicas e faça seu filho sorrir sempre! Quando a lista terminar, certamente você terá novas ideias e, então, a tarefa (e o prazer) de fazê-lo rir não terminará nunca.
Carol do Valle
1 - Fotografem caretas um do outro.
2 - Comecem juntos uma COLEÇÃO. Pode ser de carrinhos, figurinhas, bonecas, papéis de carta etc.
3 – 5 Deixe SURPRESAS NA LANCHEIRA para lembrá-lo que você pensa nele enquanto está na escola. Veja algumas ideias para surpreendê-lo:
• Corte o sanduíche em formatos diferentespara que, a cada dia, ele tenha uma surpresa diferente com o lanche. 
• Coloque uma piada ou um desafio para que ele possa dividir com os amigos e se divertir. 
• Prepare um recadinho carinhoso ou divertido em um papel especial.
6 - Deixe-o dormir na sua cama de vez em quando.
7 - Enquanto vocês esperam a comida chegar à mesa do restaurante, que tal brincar de PROIBIDO RIR OU PISCAR? Fiquem olhando bem nos olhos um do outro. Quem sorrir ou piscar os olhos primeiro, perdeu! A gargalhada é garantida e essa é uma ótima desculpa para ficar olhando bem de pertinho para o seu filho, não é mesmo?
Manoel Maquies
8 - Montem uma banda improvisada juntos. Vale pegar qualquer coisa em casa que faça barulho e tocar uma música bem animada.
9 – 11 Tem coisa melhor do que FESTA? Ela é alegria certa. Veja três sugestões: 

• Planeje, junto com ele, uma festa surpresa para o pai ou um amigo querido. 
• Deixe-o participar de toda a preparação do aniversário dele, desde a confecção dos convites (que tal usar desenhos feitos por ele para ilustrá-los?) até o momento de enrolar o brigadeiro. 
• Faça uma festa de aniversário surpresa para ele.
12 - Deixe-o escolher a roupa que usará.
13 - Conte um segredo no ouvido dele! Pode ser algo simples, como: vamos fazer pipoca doce! Mas só ele saberá o “plano”.

JupiterImages
14 - Ensine um TRUQUE DE MÁGICA para ele mostrar aos amigos. Que tal o Nota no Ar? Vocês precisam só de uma nota de dinheiro e fita adesiva transparente. Veja como é fácil:
1. Corte um pedaço da fita adesiva e faça um anel no seu dedo médio. O anel tem de ficar com a parte adesiva para fora! 
2. Comece a apresentação mostrando a nota e coloque-a sobre a palma da sua mão. 
3. Levante a mão como se quisesse que a nota ficasse presa nela. A nota vai cair. Tente mais uma vez sem sucesso. 
4. Coloque a nota novamente na sua mão e a aperte discretamente contra o anel de fita adesiva no seu dedo. 
5. Diga uma palavra mágica e levante a mão. A nota ficará presa e não cairá.
15 - Dê uma cambalhota ou estrela com seu filho – eles acham o máximo quando adultos brincam como crianças.
16 – 19 Quatro presentinhos que vão agradar
• Compre uma bola bem grande e colorida. Se ele for pequeno, ficará encantado com o tamanho; se for maior, inventará um monte de brincadeiras com ela. 
• Um saquinho com muitas balas variadas (daquelas que a gente compra avulsas na padaria, sabe?) são garantia de um sorriso escancarado! 
• Que tal presenteá-lo com fantoches? Eles serão ótimos para criar muitas histórias em casa, durante uma viagem, na mesa do restaurante etc. 
• Compre uma daquelas caixas com 60 lápis de cor para encher os olhos e despertar aquela vontade de pintar, pintar e pintar...
Shutterstock

André Spinola e Castro
20 - Conte uma história diferente toda noite antes de dormir.
21 -Abra as portas do seu armário e deixe que ele use suas roupas, maquiagens, gravatas e a pasta do trabalho para imitar a mamãe ou o papai.
22 - Faça bolhas com um canudo em um copo plástico transparente com água para seu bebê se divertir com o barulho e ver a água se mexer.
23 - Presenteie-o com um ANIMAL DE ESTIMAÇÃO. Além da troca de afeto, seu filho vai aprender a cuidar de uma coisa que gosta muito e a criar laços. Pesquisas comprovam, ainda, que a criança treina a marcha ao engatinhar ou tentar andar (por vezes, correr) atrás do animal. E o olfato, a visão e a audição ainda são estimulados pelos sons, cheiros e movimentos dos bichos.
Carol do Valle
24 - Leve-o para passar um dia no seu trabalho.
25 - Prepare um PIQUENIQUE NO PARQUECom direito a toalha xadrez! E, se der, leve tudo em uma cesta. Seu filho vai adorar!
26 - Brinquem de caça ao tesouro. Espalhe dicas pela casa e faça com que seu filho encontre uma de cada vez até o tesouro, que pode ser os ovos da Páscoa, o presente de aniversário ou apenas um bombom. O que vale é o prazer da brincadeira.
27 - Brinquem de dar formas de coisas ou bichos às nuvens. Certamente, vocês vão encontrar elefantes, carros, bonecos e muito mais.
28 - Acorde seu filho com uma bandeja de CAFÉ DA MANHÃ na cama!
29 – 31 Três NOVAS SENSAÇÕES e muitas risadas:
• Brinquem com gelo. Os bebês vão achar muito engraçado sentir a textura gelada e escorregadia do gelo. Coloque uma pedrinha nas mãos do seu filho e observe a sua reação. 
• Faça uma grande bola de chiclete e deixe-o estourar. 
• Coloque uma luva bem macia e bem colorida e brinque com seu filho para ele sentir uma nova textura.
Cris Bierrenbach
32 - Aproveitem uma noite de sábado paramontar uma cabaninha e dormir dentro dela. Pode ser na sala mesmo usando cadeiras e cobertas ou usando o sofá. Não se esqueça da lanterna para criar aquele clima especial.
33 - Sabe aquela tarde chuvosa de verão? Ela é perfeita para um banho de chuva. Corram, brinquem e pulem juntos!
34 - Faça um BOLO ESPECIAL de chocolate com a ajuda dele. Esse aqui é bem simples:
Ingredientes: 3 xícaras (chá) de farinha • 2 xícaras (chá) de açúcar • 1 colher (sopa) de fermento em pó • 1 1/2 xícara (chá) de água quente • 3 ovos • 1 xícara (chá) de óleo • 1 xícara (chá) de achocolatado em pó.
Preparo: Bata os líquidos na batedeira e inclua os farináceos. Asse em forno preaquecido a 180ºC por 40 minutos. Cobertura: Misture 1 lata de creme de leite sem soro e 1 xícara (chá) de achocolatado em pó. Não leve ao fogo. Despeje sobre o bolo e decore com confeitos coloridos.
Daniela Toviansky
35 - Ensine a ele uma BRINCADEIRA DA SUA INFÂNCIA. Vale passa-anel, amarelinha, bolinha de gude, rodar o pião etc.
36 - Façam um castelinho de areia juntos.
37 - Dê um ABRAÇO BEM APERTADO a cada chegada, a cada saída e sempre que tiver vontade.
38 – 41 4 CDs que são pura alegria
Carnaval, da Palavra Cantada (R$ 32) Marchinhas, frevos, maracatus e muito mais não vão deixar ninguém ficar parado!
Por quê?, de Rita Rameh e Luiz Waack (R$ 23,90) As 15 músicas respondem de um jeito divertido às dúvidas do mundo infantil.
Os Saltimbancos, de Chico Buarque (R$ 17,90) É um clássico inspirado no conto Os Músicos de Bremen. Vale ouvir sempre.
Arca de Noé, de Vinicius de Moraes (R$ 17,90) O CD, de 1980, traz artistas como Elis Regina, Ney Matogrosso e Toquinho. Vocês vão amar!
42 - Deixe-o faltar um dia na escola para assistir a um filme e comer pipoca. Se o dia estiver chuvoso, melhor ainda!
Daniela Toviansky
43 - Todo dia é DIA DE PARABÉNS quando se tem um bebê em casa. Ele vai adorar – e bater muitas palminhas para acompanhar a música. Aproveite e também faça CARAS ENGRAÇADAS para seu filho. É garantia de riso certo.
44 - Apostem uma corrida de saco. Você se lembra dessa brincadeira? Aproveite um saco de estopa ou de farinha e procure um lugar gramado para não machucar, afinal, todo mundo vai mesmo se jogar no chão quando cruzar a linha final.
45 - Customizar pregadores para pendurar roupa, trabalhos da escola e até fechar pacote de biscoitos pode transformar uma tarde comum em uma diversão só! Vocês vão precisar de tinta relevo ou cola colorida e de pregadores de madeira. Depois, é só usar a criatividade: faça desenhos finos, para não misturar as cores, e deixe secar por 24 horas. Não use guache, que é solúvel em água e pode desbotar nas roupas.
46 - Deixe seu bebê brincar com apetrechos da cozinha. Pode ser panela, tampa e até escorredor de macarrão!
47 - Façam UMA COISA “PROIBIDA” juntos. Pode ser um sorvete antes do almoço, um banho demorado, pizza no sofá da sala, raspar a panela de brigadeiro...
48 - Brinquem de Você Inventa a Letra: peguem uma música conhecida e criem uma nova história sem pé nem cabeça. Vai ser muito engraçado!
49 - Cuidem de um jardim ou de uma hortajuntos.
50 - Mostre FOTOS ANTIGAS DA FAMÍLIA e conte histórias engraçadas de quando você era criança.
51 – 54 Todo dia não pode mesmo, mas de vez em quando PREPARE UMA DESSAS QUATRO DELÍCIAS que vão fazer os olhos dele brilharem:

• brigadeiro – em vez do granulado, use miniconfetes coloridos 
• batata frita – compre aquelas em formato de sorriso e asse para ficar mais saudável 
• gelinho – use suco natural de uva, limão, maracujá ou manga 
• cachorro-quente – libere catchup, maionese e batata palha para ter um lanche completo!
55 – 60 Seis livros que vão fazê-lo sorrir:
1. O que é que tem o meu cabelo? , de Satoshi Kitamura (Ed. Cia. das Letrinhas, R$ 43) Antes de ir a uma festa, o Leão Leonel capricha no visual. A partir de 1 ano
2. Zig Zag, de Eva Furnari (Ed. Global, R$ 25) Imagine a mistura de um príncipe loiro com um dragão verde? As risadas são garantidas. A partir de 4 anos
3. A casa sonolenta, de Audrey Wood; ilustrações de Don Wood (Ed. Ática, R$ 21,90) Uma pulguinha decide aprontar nessa casa especial. A partir de 3 anos
4. Até as princesas soltam pum, de Ilan Brenman e ilustrações de Ionit Zilberman (Ed. Brinque-Book, R$ 27,50) Impossível não rir com esse livro. A partir de 4 anos
5. Quem quer este rinoceronte, de Shel Silverstein (Ed. Cosac Naify, R$ 42) O autor tenta convencê-lo a ter esse animal com ótimos argumentos. A partir de 5 anos
6. Declaração Universal do Moleque Invocado, de Fernando Bonassi; ilustrações de Rodrigo Silva (Ed. Cosac Naify, R$ 32) Um manual divertido. A partir de 6 anos
 Divulgação
 61 – 64 QUATRO PASSEIOS inesquecíveis:
• Façam um passeio de barco com toda a família. 
• Programe uma viagem surpresa para um lugar que seu filho adora e já vá buscá-lo na escola com as malas no carro. 
• Economize para fazer um passeio de balão. 
• Passem um dia em um parque de diversões.
65 - Organize um campeonato de videogameem sua casa e convide os amigos dele. Prepare sanduíches, sucos e um bolo bem gostoso para alimentar a turminha.
66 - Façam guerra de travesseiros naquela noite em que todos estão sem sono. Escolha uns bem macios e deixe a bagunça tomar conta do quarto.

RICARDO CORRÊA
67 - Apareça de surpresa para assistir à aula de natação, de balé ou de futebol. No começo, observe-o escondida e, no meio da aula, mostre a ele que você está lá. E não se esqueça de programar sua agenda para não perder nenhuma apresentação de fim de ano! 
68 - Deixe-o ensinar a você alguma coisa. Ele ficará orgulhoso. Vale uma música, uma brincadeira etc. 
69 - Ensine-o a guardar dinheiro para comprar um brinquedo que ele quer muito. Mas, lembre-se que não pode ser muito caro para ele não desanimar. O sorriso que ele vai dar quando conseguir será inesquecível. 
70 - É muito difícil de acontecer, quase impossível, mas se nenhuma das dicas anteriores der certo, apele para as coceguinhas. Pode ser na barriga, embaixo do braço, nos pés e no pescoço. Ele não vai resistir e soltará aquela gargalhada que você adora!
RICARDO CORRÊA







Fonte:http://revistacrescer.globo.com

segunda-feira, 28 de maio de 2012

A Importância do Brincar


      
  Brincar faz parte de ser criança.
A brincadeira instintivamente é usada pelo bebê para descobrir o mundo.
Brincando a criança descobre o mundo, como ele funciona ,aprende, se desenvolve, experimenta. 
Brincando a criança adquire noção espacial, produz sons, desenvolve o cérebro para funções como a fala e o andar, auxiliando no seu desenvolvimento global. 
Os tipos de brincadeira e a forma de brincar se modificam de acordo com a etapa de desenvolvimento que a criança apresenta. A criança exercita e organiza o pensamento, a noção de individualidade, a linguagem, a necessidade de perseverar entre outros. Na brincadeira a criança exprime seus medos, desejos, experiências. De forma simbólica o brinquedo torna-se um meio de expressão. 
Se o brincar é algo tão importante no desenvolvimento da criança,é também fundamental para o desenvolvimento da linguagem e da fala. 
A adequada aquisição e desenvolvimento da comunicação depende de vários fatores, entre eles: o biológico, o afetivo e o social. 
Entre os aspectos biológicos, podemos destacar o processo de maturação do sistema nervoso central, ou seja o sistema nervoso central vai evoluindo, se especializando e todas as suas funções também. O Sistema Nervoso Central é responsável pelo desenvolvimento global do indivíduo. 
Os aspectos afetivos e sociais são a interação com a criança, o estímulo, a confiança transmitida a ela, a atenção dada a criança e tudo referente ao meio ao qual ela pertence. 
A criança aprende por intermédio da interação com o ambiente, essa interação é também é realizada com o ato de brincar. Brincando os pais conversam com o bebê, apresentam-lhe objetos, aos poucos será por meio do balbucio (um brincar com os sons) a criança irá imitar os sons que ouve. 
No bebê, a brincadeira é uma forma de interação do adulto com ele, o bebê sozinho ainda não é capaz de simbolizar e usar a brincadeira para isso. Logo, o brincar inicial do bebê é uma experimentação do mundo, ele manuseia objetos, joga, bate, empilha explora o mundo de forma ainda primária condizente com a sua fase, denominada pelos especialistas de fase sensório-motora (etapa inicial do desenvolvimento cognitivo que corresponde a aproximadamente os dois primeiros anos de vida).
Quando a criança começa a simbolizar, fase da brincadeira simbólica, construída gradativamente, propicia que a linguagem evolua com mais rapidez, assim a linguagem influencia na evolução da brincadeira e a brincadeira auxilia na evolução da linguagem. 
A falta de brincadeira pode deixar sequelas, como dificuldades em se relacionar, medos e outras ainda mais graves. 
Na dúvida de como lidar com alguma dificuldade em relação ao brincar de uma criança, ou se a mesma não brinca, é importante que se procure um profissional capacitado, como um psicólogo, um pedagogo, para uma orientação específica.
  Autora: Christiane Angelotti 

28 DE MAIO DIA MUNDIAL DO BRINCAR

O Dia Mundial do Brincar é comemorado em vários países do mundo. O Brasil aderiu à proposta da Associação Internacional de Brinquedotecas - International Toy Libraries Association (ITLA) e o comemora no último sábado do mês de maio, ou em torno desta data, em função das necessidades dos organizadores nos diferentes pontos do País. 


A idéia da manifestação festiva é reunir várias gerações ao ar livre, ao redor de tabuleiros, brinquedos e muitas brincadeiras. 

A Associação Francesa da Brinquedotecas – Association des Ludothèques Françaises – ALF há muitos anos estimula a comemoração. Tanto no seu site, como no site francês www.fetedujeu.org, temos acesso à documentação que organiza e incentiva a realização da festa. A iniciativa visa buscar o reconhecimento do brincar como: 
- atividade essencial para o desenvolvimento da criança; 

- instrumento de aprendizagem, de transmissão do saber e de educação para todos; 

- expressão cultural favorecedora de encontros interculturais e intergeracionais; 

- criador de vínculo social e de comunicação; 

- ocupação de lazer e fonte de prazer. 

Nas palavras da ITLA, o DIA MUNDIAL DO BRINCAR “é um dia de total atenção ao outro, de uma geração para a outra, um dia em que crianças e adultos possam fazer o que tiverem vontade, um dia relaxante e com ênfase na interação humana. Não precisamos parar o mundo por um dia, brincaremos no nosso próprio lugar, na nossa casa, na nossa escola, na nossa praça. Certamente estamos descrevendo mais uma atitude que uma atividade. Um dia que seja divertido, mostrando adultos e crianças em situações interativas, promovendo seu saudável e feliz crescimento, através de atividades da sua escolha. Se todo mundo puder fazer isto no mesmo dia todos os anos, teremos então o DIA MUNDIAL DO BRINCAR”. 

No hemisfério norte o clima começa a esquentar e o céu azul convida para o evento que toma conta das ruas, abre as portas das brinquedotecas e esparrama o brincar pelas cidades. Para nós, no hemisfério sul, o período anuncia o inverno e os dias, mais frescos, ainda estão ensolarados. Não é interessante imaginar que estamos todos brincando, no mesmo dia, debaixo do mesmo céu que embrulha o planeta.
Fonte: http://www.abrinquedoteca.com.br/entrevista2.asp?id=26
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...